Coordenadora lança livro sobre mudanças no jornalismo televisivo

A professora Maura Martins, coordenadora dos cursos de Comunicação do UniBrasil Centro Universitário, lançou recentemente o livro “Novos efeitos de real no jornalismo televisivo: reconfigurações estéticas e narrativas a partir da ubiquidade das máquinas de visibilidade”. A obra foi publicada pela editora LabCom.IFP, da Universidade da Beira Interior, de Portugal, e parte da tese defendida em 2016 pela professora na Escola de Comunicação e Artes, da Universidade de São Paulo (USP).

1O livro reflete sobre as mudanças no jornalismo frente à popularização das câmeras amadoras, cada vez mais aproveitadas nas narrativas televisivas. Deste modo, a obra pretende discutir de que forma o uso cotidiano destas câmeras no jornalismo revela-se como uma espécie de reação do próprio campo na busca de novos efeitos de realidade.Em 2016, a tese sustentada pelo estudo – uma proposta de categorização das imagens geradas por estas máquinas de visibilidade – foi reconhecida com o segundo lugar no prêmio Freitas Nobre, concedido pela Intercom às pesquisas de doutorado.

O livro está disponível para download gratuito na página da editora.

Serviço

Livro “Novos efeitos de real no jornalismo televisivo: reconfigurações estéticas e narrativas a partir da ubiquidade das máquinas de visibilidade”

Sinopse

O presente livro parte da constatação de que hoje passamos por um período de mudanças no jornalismo, no que diz respeito à sua estética, à sua técnica e ao seu modus operandi. Dentre as alterações mais visíveis e impactantes, está o uso crescente de imagens provindas de câmeras amadoras que hoje estão em todos os lugares: as chamadas máquinas de visibilidade, que garantem um registro visual imediato de todo o tipo de acontecimento. A partir disto, este livro pretende discutir as razões pelas quais estas câmaras se tornam irrecusáveis aos veículos de jornalismo televisivo, bem como propor uma categorização às imagens que elas geram. O que observamos é que a proliferação destas máquinas nas narrativas jornalísticas é sintoma de vários fenômenos sociais: dentre eles, o processo de aquisição de domínio das linguagens midiáticas por parte dos espectadores, o desejo coletivo por tudo aquilo que provém do real e a erosão das barreiras entre a vida pública e a vida privada.

Acesso direto para download do livro.

Posted in ESCOLA DE COMUNICAÇÃO, GRADUAÇÃO, JORNALISMO, NOTÍCIAS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *