Descerramento de placa e abertura da exposição de mini presépios

15281091_1180059988754310_1744893219_nNa manhã de sete de dezembro, na Sala Leituras do Brasil, será realizada uma pequena solenidade de inauguração da placa comemorativa ao acervo doado ao UniBrasil Centro Universitário pela família do saudoso professor Carlos Roberto Antunes dos Santos, grande historiador e ex Reitor da Universidade Federal do Paraná.

O Professor Doutor Carlos Roberto Antunes dos Santos foi um profundo estudioso da História da Alimentação e do Paraná, contava com vários livros publicados, e receber parte de seu acervo foi extremamente honroso para a instituição.15240077_1180059992087643_2061462539_n

Na oportunidade, será celebrada também a abertura formal da exposição mini presépios de propriedade da UNIARTE, que cedeu as peças para serem expostas no UniBrasil com o objetivo de valorizar uma tradição de nossos artesãos: construir presépios com variados materiais e técnicas, criando peças belíssimas e de grande sensibilidade.


Presépios

Para os cristãos, o presépio retrata um mistério de grande importância, Deus que nasce homem; para todos é o nascimento de uma criança, a afirmação da vida e da esperança.

15281142_1180059895420986_302517376_nEm português a palavra presépio significa curral ou estrebaria. E a importância que assumiu remete ao evangelho de Lucas, segundo o qual José e Maria, os pais de Jesus, teriam viajado para a cidade de Belém por exigência de um recenseamento e, lá chegando, encontraram todas as hospedarias da cidade lotadas achando abrigo apenas em uma estrebaria, onde o menino nasceu.

No século 13, São Francisco de Assis teria desejado levar a história da natividade à compreensão de camponeses e outras pessoas do povo, que não a entendiam na formalidade dos rituais da igreja. Para isso encenou o nascimento em uma gruta, com figuras de argila rep15310262_1180059955420980_179288744_nresentando a sagrada família e, bem em acordo com seu amor pelos animais, um boi e um burro. A ideia espalhou-se rapidamente pela Europa, igrejas, mosteiros e posteriormente palácios passaram a armar seus presépios.

O costume brasileiro é devido a Portugal, habitualmente são representados José e Maria, camponeses, a estrela de Belém, anjos, animais e, mais distantes, os três reis magos que são aproximados lentamente da cena até participar dela já no dia 6 de janeiro, quando o presépio é desmontado. A figura de Jesus é posta na manjedoura apenas após a Missa do Galo, rezada à meia noite do dia 24 de dezembro.15310352_1180059958754313_152762795_n

 

Posted in NOTÍCIAS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *