Enfermagem realiza Jornada Científica e Encontro de Egressos

14591746_1469757686372499_9208383589482885993_nNo último dia 20 do mês de outubro, o curso de Enfermagem do UniBrasil Centro Universitário realizou durante o Evento de Iniciação Científica (Evinci), a “VI Jornada Científica de Enfermagem” e o “I Encontro de Egressos” do curso. A Jornada teve como  objetivo ser um espaço de discussão sobre o mercado, pesquisa, ensino e extensão. Já o Encontro  teve como intenção proporcionar  aos profissionais formados a socialização e experiências agregadas após a conclusão da graduação. Promovido pela Pró- Reitoria de Pós – Graduação, Extensão e Assuntos Comunitários (PROPPEx), a “XI edição do Evinci” foi realizada no dias 20 e 21 do mês de outubro.


 

14729375_1469757956372472_6855649587351735268_nOs eventos trouxeram convidados para abrir as discussões, na Jornada, entre eles a representante do Conselho Regional de Enfermagem, Otilia Beatriz Maciel da Silva, a Secretaria Municipal de Saúde, Ronald Gielow e a membro da Fundação Estatal de Atenção Especializada em Saúde de Curitiba, Elaine Rossi Ribeiro.  Já o Encontro dos Egressos recebeu os formandos, Bruno Henrique de Mello e Dayana Cristina Moraes.

Ensino

14702285_1469758146372453_1398266775026336078_n

 

 Segundo a coordenadora do curso, professora Angelita Vissentin, O ensino da enfermagem é uma preocupação constante para coordenadores, gestores, professores, ministérios e os conselhos de classe,  além das instituições empregadoras. O processo de ensino e aprendizagem perpassa por várias esferas que circundam a aquisição de competências e habilidades necessárias para o desenvolvimento da profissão.

 Pesquisa

 Angelita também comenta a importância da pesquisa  e extensão no processo de formação dos futuros enfermeiros. “14642131_1469758119705789_7899552609733458415_nA pesquisa apoia a formação do enfermeiro e fortalece as relações que esse campo do conhecimento estabelece com outros saberes, sendo um elemento indispensável para a complementação do ensino capacitando o aluno para a busca do conhecimento”, afirma. Para a professora, a extensão caracteriza-se por articular o saber científico assumindo-se como trabalho social, instrumento de democratização, autonomia universitária e de ação transformadora. “A realização das atividades de extensão são um caminhar coletivo para superar as situações de desigualdade e de exclusão existentes, além de contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população e a busca da cidadania consciente”, finaliza Angelita.

Posted in ENFERMAGEM, ESCOLA DE SAÚDE, GRADUAÇÃO, NOTÍCIAS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *