Jeorling J. C. Clève grava depoimento sobre história do Paraná

img_8882Voltado à cultura como complemento da formação profissional de seus alunos, o UniBrasil Centro Universitário dá continuidade ao seu projeto de gravação de depoimentos dos protagonistas da cultura, economia, política e educação em nosso estado, recebendo na última terça feira (20) de setembro de 2016, o doutor Jeorling Joely Cordeiro Clève, que falou sobre o tema de dois de seus livros, sobre o povoamento da região central do Paraná, com destaque para as cidades de Guarapuava e Pitanga.

img_8866Jeorling J. Cordeiro Clève nasceu em Guarapuava, onde realizou seus primeiros estudos; formou-se pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em 1957, fixou-se após a formatura em Pitanga, cidade da qual é Cidadão Honorário e onde foi advogado, promotor público interino e professor. Em Pitanga, foi um dos responsáveis pela instalação e funcionamento do ginásio estadual durante a década de sessenta do século passado. Em 1966, mediante concurso público, ingressou na magistratura. Foi juiz substituto em Foz do Iguaçu, União da Vitória e Pato Branco. Como juiz de direito, exerceu suas atividades profissionais em Piraí do Sul, Ivaiporã e Guarapuava. Promovido para a capital, foi titular das 3a e 11a Varas Cíveis. Ascendeu ao Tribunal de Alçada e, mais tarde, ao Tribunal de Justiça, como desembargador, atuando sempre na área cível. Foi professor de Direito Processual Civil, na Escola Superior de Magistratura do Paraná. É Cidadão Benemérito de Guarapuava, tendo recebido também voto de louvor concedido pela Câmara Municipal de Curitiba. Seu nome batiza o Núcleo de Práticas Jurídicas do Curso de Direito do Centro Universitário UniBrasil, o Centro Acadêmico do Curso de Direito das Faculdades Campo Real, de Guarapuava, também faz parte do Centro de Letras do Paraná e é membro benemérito da Academia de Artes, Ciências e Letras de Guarapuava. Foi eleito em 26 de agosto de 2010 e recebido na APL por René Dotta, em 22 de fevereiro de 2011, em sessão solene do Instituto dos Advogados do Paraná.

img_8875Aposentado, dedica-se à pesquisa histórica, com foco na conquista e saga do povoamento do terceiro planalto paranaense, tendo publicado vários livros de grande importância para a memória do estado e para os estudiosos de sua história.

O depoimento do doutor Jeorling abordou fatos essenciais na formação daquela região, colocados de forma coloquial, porém com o devido rigor científico. Também falou de sua participação como personagem histórico, como o caso do “Grilo do Tigre”, episódio ocorrido nos anos 1950 em Pitanga, quando um poderoso grupo econômico apresentou títulos imperiais forjados que atestariam sua propriedade de uma área de 85 mil alqueires na região, dando início à demarcação de terras já ocupadas por colonos portadores de títulos legais emitidos pelo governo do Paraná. O escritório de que o então advogado Jeorling era sócio, defendeu algumas das vítimas, obtendo vitória expressiva.

Em breve estará disponível aos estudiosos de história e todos os interessados na formação paranaense.

Posted in NOTÍCIAS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *