Lira Neto participa de palestra e lança livro em Curitiba

O escritor e jornalista Lira Neto esteve em Curitiba na última quinta-feira (25), para proferir a palestra “Getúlio, Getúlios: O revolucionário, o ditador e o líder nacional-desenvolvimentista”, na Sede Social do Graciosa Country Club. O evento faz parte do projeto Pensando o Brasil, idealizado pela Diretoria Cultural do clube, que tem à frente a professora Liana Leão, e contou com o patrocínio do UniBrasil Centro Universitário, França da Rocha & Advogados Associados e o apoio da Companhia das Letras e plano de saúde Nossa Saúde.

Premiado quatro vezes com o prêmio Jabuti, o principal prêmio literário do país, e uma vez com o Prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA), João de Lira Cavalcante Neto apresentou aos convidados a narrativa completa sobre a vida do ex-presidente do Brasil, Getúlio Vargas, exposta em sua obra “Getúlio” – produzida em três volumes ao longo de seis anos – e a análise sobre sua forma de governo, que influencia o cenário político até a atualidade. “Ao invés de ser um repórter do presente, me considero um repórter do passado. “Para produzir a obra Getúlio optei por uma visão plural de cada aspecto da vida do protagonista, contemplando o maior número possível de fontes. No texto, procurei conduzir o leitor de forma clara e objetiva, entretanto sem abdicar da consistência da pesquisa realizada em documentos, livros, manuscritos, não só no território nacional, mas em diversos outros países”, explica o escritor.

Ao ser questionário sobre sua admiração por Getúlio, o jornalista pondera, “para o bem e para o mal, ele é um personagem importante não apenas da política brasileira, como de toda a história nacional. É o personagem que deixou marcas mais profundas e que transformou o país, ateriormente agrário em um território econômico”.

Segundo a assessora da Presidência do Complexo de Ensino Superior do Brasil, Wanda Camargo, a trajetória da criação do livro é um exemplo para a sociedade. “Getúlio representa uma pesquisa de anos de Lira Neto, produzida com maestria e muito interessante do ponto de vista acadêmico. O contato com grandes pensadores e pessoas que atingem o sucesso por meio de um trabalho ético, digno e sério, sempre são bons exemplos para os estudantes. No caso do intelectual de peso como é o Lira Neto, isso se torna ainda mais relevante, porque é um exemplo para professores e estudantes”, diz.

O Brasil do século XX é traduzido pela figura de Getúlio Vargas. O revolucionário de 1930, o presidente, o “pai dos pobres”, o ditador, o estadista, o populista, a raposa; o responsável pela criação da Petrobras, de Volta Redonda e da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), e também por arbitrariedades e censura. Getúlio morreu em 1954, mas seu espectro ainda assombra a República; muitos presidentes, ditadores e candidatos declararam e ainda declaram, de algum modo, serem opositores ou herdeiros do “varguismo”.

“Lira Neto é um homem com visão jornalística e um estudioso do comportamento do ser humano, sobretudo dos brasileiros, que vai além das raízes do Brasil para examinar duas figuras fantásticas da nossa história: O Padre Cícero e o Getúlio Vargas. No livro sobre Getúlio, em especial, ele promove uma análise minuciosa dos detalhes. Trazê-lo para um evento como esse é um prêmio para a cidade”, elogia o jornalista Aroldo Mura.

A vinda de Lira Neto à Curitiba faz parte do projeto Pensando o Brasil, que tem como objetivo promover uma série de encontros para discutir questões importantes sobre o cenário político, social, econômico e cultural do país e que recebeu recentemente grandes nomes como Luiz Felipe Pondé, Demétrio Magnoli, William Waack e Deltan Dallagnol.

 

Posted in NOTÍCIAS and tagged , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *