Instituição Corpo DocenteAlunos  
     

Homenageada da Escola de Educação e Humanidades: Ivete Rocha
Incluido por: web
Data: 15/02/2017

ffNo UniBrasil Centro Universitário já se tornou tradição celebrar o mês da Mulher, comemorado em março. Todo ano a Instituição realiza o projeto Mulheres Paranaenses, com o objetivo de homenagear mulheres destacadas por suas atividades em vários setores. Em 2017 o evento ocorrerá no dia 15 de março, às 19 horas no auditório Cordeiro Clève.

Cada Escola faz uma indicação de homenageada externa à Instituição, dentro de sua área de conhecimento. A comunidade interna também indica mulheres pertencentes ao UniBrasil, dentre professoras, alunas e funcionárias.  

Isso acontece porque a importância das mulheres, não apenas no processo educacional, como também no desenvolvimento brasileiro, em particular do Paraná, não pode deixar de ser lembrada pela comunidade acadêmica; desde as professoras primárias quando esta era uma das poucas profissões que mulheres podiam desempenhar “fora do lar” e na qual tiveram e têm papel fundamental, até os dias de hoje, em que mulheres são maioria nos corpos discentes e docentes de grande parte das instituições de ensino de todos os níveis e têm ocupado posições de destaque nos setores públicos e privados,  de serviços, empresarial, artísticos e outros.

Embora em passos muito lentos, caminhamos, graças ao trabalho de muitas pessoas dedicadas, para a inevitável igualdade de direitos de mulheres e homens.

IVETE CARIBÉ ROCHA

A homenageada da Escola de Educação e Humanidades é advogada com pós-graduação em Relações Internacionais. Seu dia a dia profissional é bastante ativo, ela além de exercer a advocacia particular para sua subsistência, ainda presta trabalho voluntário para ONG’s, como a Casa Latino Americana, onde trabalha com migrantes e refugiados, dando assessoria jurídica e visitando os que estão em prisões, para fazer suas defesas. Atende também em Mandirituba, no Paraná, na ONG Vida para Todos ABAI, fazendo a parte jurídica, além das atividades da Comissão da Verdade. Tem três filhos, Wagner, Marcelo e Gustavo e três noras e dois netinhos, Felipe e Rafael.

Embora a vida pessoal seja um pouco prejudicada em função do acúmulo de tarefas socais e profissionais, em geral, nos fins de semana almoça com os filhos, noras e netos e aí é só alegria, pois disposição ela tem de sobra. Ivete também pertenceu à Seleção Paranaense de Voleibol na juventude e hoje faz caminhadas quando é possível. Seu hobby principal é conversar sobre política com amigos/amigas e sobre atividades sociais; frequenta geralmente eventos na CASLA, ou na Universidade Federal do Paraná (UFPR) com juristas e advogados populares mantendo assim permanente contato nas atividades.

Para os estudantes, deixa o recado, “em geral, carregam a responsabilidade de conduzir o destino do nosso país, exercendo suas atividades, sobretudo, com muito amor e solidariedade. Quando escolhemos uma carreira somente para dela tirarmos a nossa sobrevivência, ou, pensando em obter acumulo de riqueza, tudo se torna insípido, triste mesmo, às vezes, ao contrário de trabalhar com amor e vontade de ajudar os que necessitam.

A mulher exerce um papel fundamental, porque além de gerar uma vida, é o centro da família, na educação dos filhos, para a convivência com o mundo e o seu exemplo é o que vai marcar a vida dos filhos, como vemos nas histórias contadas todos os dias. Além disso, hoje o papel da mulher na vida profissional e política pelo mundo todo, é indispensável e tem demonstrado a grande diferença que faz para as relações humanas muito mais amorosas e solidárias”, finaliza.

Texto: Wanda Camargo




Mapa do site
Rua Konrad Adenauer, 442 - Tarumã - 82821-020 - Curitiba - PR
Telefone: 55 (41) 3361 4200
2000-2015 Centro Universitário Autônomo do Brasil – UniBrasil

Siga o UniBrasil: