Serviço Social participa de curso profissional

jkjDiscentes, docentes e supervisores de campo participaram do curso de formação profissional nos dias 4 e 5 de novembro, efetivado pela Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social (ABEPSS) ITINERANTE apoiado pelo conjunto Conselho Federal de Serviço Social/Conselho Regional de Serviço Social do Paraná (CRESS/PR) e também pela Câmara Temática de Formação profissional do CRESS/PR que conta com a participação em seu quadro das professoras Cleci Elisa Albiero, Fernanda Camargo e Glacielli Thaiz Souza de Oliveira.

O curso foi realizado em forma de oficinas e com objetivo a construção dos desafios que interpassam a atual formação dos discentes, capacitação dos docentes e dos assistentes sociais na práxis diária. Assim, os 50 participantes construíram os desafios e propostas para a atual conjuntura da formação profissional, através de uma leitura crítica da realidade posta como alinhamento diante dos fundamentos Sócio histórico da profissão em aliança com a concepção de base crítica.

O curso também oportunizou aos estudantes de Serviço Soiicial do UniBrasil Centro Universitário uma maior aproximação com os discentes de outras Unidades de Ensino e a troca de experiências de estágio e da construção da sua identidade profissional. Para a estudante do 8° período Alice Follador o curso oportunizou uma visão mais ampla do que é a profissão, “Na sua prática e a possibilidade de aproximação dos três pilares: supervisor de campo, supervisor acadêmico e estagiário”.

As professoras Cleci, Glacielli e Fernanda foram relatoras dos grupos das oficinas e a professora Flavia Medeiros oportunizou uma fala sobre a importância dos docentes se apropriarem das obras clássicas de forma mais profunda teoricamente, pois são os suportes que dialogam com a concreticidade do Projeto ético Político da profissão.

A professora Fernanda Camargo pontuou a necessidade da formação acadêmica com as questões da sociedade que se manifestam através dos movimentos sociais. A professora Cleci enfatizou a relevância do papel do supervisor de campo com o estagiário, o quel possibilita uma troca de saberes. Para a coordenadora Glacielli o encontro foi um momento de construção coletiva de suma importância na atual conjuntura do país pois, a ABEPPS ITINERANTE oxigenou e fortaleceu os ideais do Projeto ético Político da Profissão.

 

Posted in ESCOLA DE EDUCAÇÃO E HUMANIDADES, NOTÍCIAS, SERVIÇO SOCIAL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *