UniBrasil participa de Jornada Pedagógica da Rede Estadual

A convite das coordenações pedagógicas e direções de vários colégios da rede estadual, o UniBrasil Centro Universitário se fez presente em jornadas pedagógicas de preparação para o início das aulas, oferecendo palestras e atividades gratuitas que auxiliam, em temas específicos solicitados pelas instituições de ensino médio.

Além de promover o contato de docentes do ensino superior com a realidade dos professores que preparam seus ingressantes, a ocasião favorece a extensão, ou seja, a colocação da expertise de muitos profissionais à disposição de toda a comunidade.

Na manhã da última segunda-feira (24), a coordenadora do curso de Psicologia do UniBrasil, professora Graciela Sanjuta Soares Faria, falou sobre “Qualidade dos relacionamentos interpessoais como um caminho para a educação” para professores do Colégio Paulo Leminski, localizado ao lado do UniBrasil, no bairro Tarumã.

O Colégio Estadual Paulo Leminski oferta ensino fundamental, médio por blocos, cursos profissionalizantes integrado e subsequente nas áreas de formação de docentes para a educação infantil e séries iniciais do ensino fundamental, técnico em meio ambiente, técnico em segurança do trabalho e profuncionário. Um dos maiores da macrorregião de abrangência do UniBrasil, tem seu nome em homenagem a Paulo Leminski Filho – escritor, poeta, crítico literário, tradutor e professor.

 

A professora Wanda Camargo, coordenadora do Projeto UniBrasil nas Escolas, também ministrou palestra, Wanda falou sobre os “Novos comportamentos e aprendizagem” para professores do Colégio Ivo Leão localizado na rua Nossa Senhora da Cabeça, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC).

Ivo Leão

O Colégio Estadual Ivo Leão, tradicional da cidade, foi inaugurado em 1977 com a denominação de “Escola Estadual Ivo Leão – Ensino de 1° Grau”, e atualmente oferta os cursos de ensino fundamental e Médio. Seu nome é uma homenagem a Ivo Leão – engenheiro civil, industrial dos ramos madeireiro e de erva mate.

Ainda na mesma manhã, a professora Dulce Maria Gaio, do curso de Psicologia, falou sobre “Mediação de conflitos na escola” para professores no Colégio Maria Montessori localizado no bairro Tingui.

O Colégio Montessori tem seu nome em honra da italiana Maria Montessori, primeira mulher a se formar em medicina em seu país, e que foi também pioneira no campo pedagógico ao dar mais ênfase à autoeducação do aluno do que ao papel do professor como fonte de conhecimento. Montessori defendia uma concepção de educação que se estende além do simples acúmulo de informações.

No período da tarde, novas palestras foram realizadas em outros colégios da capital. A professora Fátima Branco Godinho de Castro, coordenadora do curso de Pedagogia, falou sobre “Bullying” para professores no Colégio Algacyr Munhoz Maeder, no Bairro Alto.

O nome do Colégio foi nominado em homenagem a Algacyr Munhoz Maeder, em função de seu magistério em diversas instituições, entre estas a Universidade Federal do Paraná (UFPR), fundador do Centro Politécnico e o Departamento de Matemática.  Também exerceu o cargo de feitor da UFPR e membro do Conselho Federal de Educação.

A professora Wanda Camargo voltou a ministrar palestra, desta vez sobre “Avaliações de ensino e impacto nos currículos” para professores no Colégio João Maria de Barros no município de Campina Grande do Sul na região metropolitana.

O Colégio Estadual João Maria de Barros oferta ensino fundamental e médio, no período noturno para atender à necessidade da comunidade. Mantem turmas do Celem, e participa do projeto federal “Mais Educação” com oficinas de Teatro, Informática, Rádio, Jornal e Geografia/História. Seu nome presta homenagem a João Maria de Barros, vereador, vice-prefeito e prefeito de Campina Grande do Sul.

 

Texto: Wanda Camargo

Posted in GRADUAÇÃO, NOTÍCIAS and tagged , , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *