UniBrasil recebeu ministra Eliana Calmon para conferência

Com a presença da Ministra Eliana Calmon a manhã de 09 de março, e o Auditório Desembargador Cordeiro Clève lotado, o Curso de Direito do UniBrasil Centro Universitário promoveu, dentro do Programa de Atividades de Extensão e sob responsabilidade do professor Marcelo Giovani Batista Maia, o lançamento nacional do livro “Trabalhista! E agora? Onde as empresas mais erram”, de autoria do Juiz do Trabalho Marlos Augusto Melek, auxiliar da Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), assim como a Conferência de Abertura do semestre letivo, com o tema “Medidas contra a corrupção – Delações premiadas – Acordos de Leniência”.

1Segundo a professora Marta Tonin, do curso de Direito do UniBrasil Centro Universitário, “a Ministra Eliana Calmon demonstrou a que veio: além de ter sido a primeira mulher a compor o Superior Tribunal de Justiça (1999 a 2013), seu protagonismo político-social-jurídico fez com que a justiça brasileira se tornasse mais eficiente e transparente. A palestra por ela proferida trouxe um tema muito atual, as medidas contra a corrupção, as delações premiadas e os Acordos de Leniência. Sua experiência de Procuradora da República, depois Ministra do STJ e, também, Corregedora e Presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a talharam nesta mulher competentíssima, de fala direta e dura no combate à corrupção e injustiças que grassam o delicado momento enfrentado por todos”. 

IMG_2619Durante a palestra, Eliana Calmon afirmou que “o Brasil sempre lavou dinheiro sujo porque não tinha controle”; “que um país não muda com a lei, mas com o que as Instituições fazem dela”, enfatizando que a Lei anti-corrupção (ou Lei da Empresa Limpa) representa um marco; que a partir dos anos ´90 os escândalos começaram a ser levantados no país, lembrando o caso do Banco Banestado aqui no Paraná. Fez ela uma apreciação sociológica do País, mostrando-se, novamente nas palavras de Marta Tonin, uma “mulher de fibra” que, apesar de tudo o que enfrentou ao longo de sua carreira, em dois momentos de sua palestra se disse “extremamente otimista”, pois está certa de que tudo isto redundará num futuro melhor.

Apesar de completar que ela mesma não o presenciará mas que seus netos sim, pois aos 71 anos é uma “otimista de carteirinha”.

Segundo Melina Breckenfeld Reck, assessora jurídica do UniBrasil Centro Universitário e também professora, “a palestra da Ministra Eliana foi excelente e bastante densa. Como ela tratou bastante de questões relativas à legislação criminal (lavagem de dinheiro, delação premiada), interessou a muitos estudantes”.IMG_2630

Ao final da palestra, ao receber cumprimentos pela brilhante exposição, foi-lhe perguntado como gostaria de ser lembrada, sendo a resposta: “como Corregedora”

A Ministra foi muito aplaudida pelos estudantes, e professores, como Marta Tonin, declararam “nossos cumprimentos pela escolha da Ministra Eliana Calmon como palestrante, representando um grande momento acadêmico do UniBrasil. Não poderia recair em melhor nome!”.

Posted in DIREITO, ESCOLA DE DIREITO, GRADUAÇÃO, NOTÍCIAS and tagged , , , , , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *