Direitos Humanos na perspectiva da Contemporaneidade: novas tendências

Ementa

Direitos Humanos na perspectiva da Contemporaneidade: novas tendências

  • Globalização, supranacionalidade e sociedades contemporâneas.
  • A atualidade das declarações de direitos humanos: da Europa às Américas e o mundo.
  • Direitos humanos e desafios humanitários.
  • Sistemas de proteção dos Direitos Humanos e o século XXI: conflito entre universalismo e relativismo cultural.
  • Diversidade, cosmopolitismo e minorias.
  • Autodeterminação dos povos e emancipação.
  • Direitos Humanos e o diálogo entre as cortes internacionais e nacionais.
  • Direitos humanos na ordem jurídica brasileira.

BIBLIOGRAFIA

AGAMBEN, Giorgio. Homo sacer: o poder soberano e a vida nua I. 2. ed. Trad. DeHenrique Burigo. Belo Horizonte: Ed. da UFMG, 2010. ALSTON, Philip; CRAWFORD, James. The future of un human rights treatymonitoring. Cambridge: United Kingdom University Press, 2000. AMARAL JÚNIOR, Alberto do; JUBILUT, Liliana Lyra (Org.). O STF e o DireitoInternacional dos Direitos Humanos. São Paulo: QuartierLatin, 2009. ATKINSON, A.On the measurement of economic inequality.Journal of EconomicTheory, n. 2 (3), 1970. BARROS, Sérgio Resende de. Direitos Humanos: paradoxo da civilização. BeloHorizonte: Del Rey, 2003. BARSTED, Leila Linhares; HERMANN, Jacqueline (Org.). Instrumentos internacionaisde proteção aos direitos humanos: traduzindo a legislação com a perspectiva de gênero. Rio de Janeiro: Cepia, 2001. BAUMAN, Zygmunt. O mal-estar da pós-modernidade. Trad.de Mauro Gama eClaudia Martinelli Gama. Rio de Janeiro: J. Zahar, 1998. _. Globalização: as consequências humanas. Rio de Janeiro:Zahar, 1999. _. Vidas desperdiçadas. Rio de Janeiro: J. Zahar, 2005. BECK, Ulrich. Sociedade de risco: rumo a uma outra modernidade. São Paulo: Ed.34, 2010. BEDIN, Gilmar Antônio. A sociedade internacional e o Século XXI: em busca daconstrução de uma ordem mundial justa e solidária. Ijuí: Unijuí, 2001. BENHABIB, Seyla. Los derechos de los otros: extranjeros, residentes y ciudadanos.Barcelona: Gedisa, 2004. BOBBIO, Norberto. Teoria geral da política: a filosofia política e as lições dos clássicos.Rio de Janeiro: Elsevier, 2000. __. A era dos direitos. Trad. de Carlos Nelson Coutinho. Rio de Janeiro:Elsevier, 2004. BRAVO, Álvaro Sanchez. A nova sociedade tecnológica: da inclusão ao controle social:a [email protected] é exemplo? Santa Cruz dos Sul: Edunisc, 2010. CASTELLS, Manuel. O poder da identidade. Trad.deKlaussBrandini Gerhardt. 2.ed. São Paulo: Paz e Terra, 2000. CHEAN, Pheng; ROBBINS, Bruce (Ed.).Cosmopolitics. Thinking and Feeling beyondthe Nation. Minneapolis: University of Minnesota, 1998. CLASTRES, Pìerre. A sociedade contra o Estado. Rio de Janeiro: Francisco Alves,1978. CORTINA, Adela. Cidadãos do mundo: para uma teoria da cidadania. São Paulo:Loyola, 2005. DOUZINAS, Costas. O fim dos Direitos Humanos. Trad. de Luzia Araújo. SãoLeopoldo: Unisinos, 2009. DUPRAT, Deborah (Org.). Pareceres jurídicos: direito dos povos e das comunidadestradicionais. Manaus: UEA, 2007. DWORKIN, Ronald. Taking rights seriously. Cambridge, Mass.: Harvard University Press,1978. FONSECA Claudia;TERTO JÚNIOR, Veriano; ALVES, Caleb Farias (Org.). Antropologia, diversidade edireitos humanos: diálogos interdisciplinares. Porto Alegre: Ed. da UFRGS, 2004. HERRERA FLORES, Joaquin. A (re)invenção dos direitos humanos. Trad. de C.R.D.Garcia et al. Florianópolis: Fundação Boiteux; IDHID, 2009. SEN, Amartya; KLIKSBERG, Bernardo. As pessoas em primeiro lugar: a ética dodesenvolvimento e os problemas do mundo globalizado. Trad. de Bernardo Ajzemberg,Carlos Eduardo Lins da Silva. São Paulo: Companhia das Letras, 2010. TAYLOR, Charles. Multiculturalismo: examinando a política de reconhecimento.Lisboa. Instituto Piaget. 1994. TOURAINE, Alain. Poderemos viver juntos?:iguais e diferentes. Trad. de Jaime A.Clasen e Ephairaim F. Alves. Petrópolis: Vozes, 1999. _. Pensar outramente: o discurso interpretativo dominante. Trad.de Francisco Moiás. Petrópolis: Vozes, 2009. TRINDADE, Antônio Augusto C. A proteção internacional dos Direitos Humanos.São Paulo: Saraiva, 1991. VAN NESS,Peter.Debating human rights: critical essays from the United States and Ásia.London:Routledge, 1999. VIEIRA, Liszt. Cidadania e globalização. 6. ed. Rio de Janeiro: Record, 2002. WOLKMER, Antônio Carlos. Pluralismo jurídico: fundamentos de uma nova culturano Direito. São Paulo: Alfa Omega, 1994. ZAOUAL, Hassan. Globalização e diversidade cultural. São Paulo: Cortez, 2003. ZIZEK, Slavoj. Primeiro como tragédia, depois como farsa. São Paulo: Boitempo,2011.