A cara de Curitiba, e “o cara” de Curitiba

O engenheiro e arquiteto Jaime Lerner, que faleceu hoje, 27 de maio, foi prefeito de Curitiba e governador do Paraná.

Como governador deixa a implantação de indústrias automobilísticas, a privatização do Banestado e a controvertida concessão de rodovias.

Mas é como prefeito de Curitiba que fica seu maior legado: os parques, o sistema de transportes, o Teatro do Paiol, a Pedreira Paulo Leminski, a Rua das Flores, muito do que definiu e define a alma da capital, seu aspecto urbanístico que é modelo para muitas outras cidades do Brasil e exterior.  

Texto – Wanda Camargo

Postado em nota de falecimento.

UniBrasil Centro Universitário

Ver post porUniBrasil Centro Universitário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *