A professora e escritora Gloria Kirinus fala sobre educação e poesia no UniBrasil

No próximo dia 2 de outubro, às 19 horas, a professora doutora Glória Kirinus virá ao UniBrasil proferir palestra com o tema “Quando os poetas pensam a educação”. Será na Sala de Leituras, bloco 7 da instituição. O evento é parte do projeto Academia UniBrasil, e promovido para os cursos de Pedagogia, Psicologia e Licenciatura em Educação Física.

A palestrante é doutora em Letras, com pós-doutorado em Sociologia; autora reconhecida de literatura infanto-juvenil e livros teóricos na área de Letras e Educação.

Segundo a professora Glória, a palestra tem como objetivo valorizar  o educador poeta. “Eles existem. E anonimamente estão criando, muitas vozes com poucos recursos, possibilidades do saber congregador que sabe conciliar alma, corpo, pensamento”.

Ainda nas palavras de Glória Kirinus:

“Por que tardamos tanto para consultar os poetas? Um pouco vates, os poetas já vaticinaram esperanças e revoluções; um pouco feiticeiros, eles já descobriram na fórmula alquímica das palavras a quintessência da expressão da alma; um pouco sacerdotes, muitos já religaram a sua voz pessoal com o anseio religioso da fraternidade universal. E, finalmente, um pouco crianças, eles já brincaram de faz de conta fazendo (p)arte no vai e volta de um verso”.

“Poetas como Cecília Meireles, Gabriela Mistral e Carlos Drummond de Andrade, servirão de referência na costura desta palestra. Experiências poéticas na educação de professores do nosso cotidiano, além da minha própria vivência, também ilustrarão o momento”.

Pela poesia a pedra ganha leveza de pena e também, muito pelo contrário. E o ser humano  pode ser animal, vegetal, mineral que se desdobra nos mil e um ofícios conhecidos e também por conhecer. E neste ponto o poeta é capaz de burlar os tempos e reencontrar sua própria infância. Não fomos pintores, artistas de circo, professores, marceneiros, bombeiros, quando crianças? Não fomos montanhas, árvores, tartarugas, elefantes, quando crianças”?

Com certeza o momento será importante para a formação docente, pois não apenas de técnicas mas também de arte e cultura se fazem os melhores profissionais de todas as áreas:

“Ativar os recursos inatos do imaginário ao lado do saber racional e objetivo. Ativar nossos cantos subjetivos”.

(Texto: Wanda Camargo)

 

Serviço

Evento: “Quando os poetas pensam a educação”

Local: Sala Leituras do Brasil – bloco 7 do UniBrasil

Horários: 19h

Inscrição através do link: Palestra com Gloria Kirinus

 

Postado em GRADUAÇÃO, LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA, NOTÍCIAS, NOTÍCIAS EM DESTAQUE, PEDAGOGIA, PSICOLOGIA, UniBrasil e tagged , , , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *