Acadêmico do UniBrasil, campeão brasileiro de Punhobol, compete nas olimpíadas dos esportes amadores nos EUA

Colecionando títulos nacionais, internacionais pelo clube e pela seleção brasileira, o acadêmico de Educação Física do UniBrasil Sergio Mueller viaja para conquistar o ouro no campeonato ‘The World Games’

Sergio Mueller em competição. Foto de arquivo pessoal.

Há 20 anos, Sergio Mueller (30) teve o primeiro contato com o Punhobol, esporte que o levaria a colecionar títulos nacionais, internacionais pelo clube e pela seleção brasileira, no decorrer da sua trajetória na modalidade. No mês de julho, viaja aos Estados Unidos para conquistar o ouro nas olimpíadas dos esportes amadores, no campeonato ‘The World Games’, sediado no estado do Alabama.

Para compartilhar essa nova etapa de competição, Sergio Mueller conta com o apoio e incentivo da noiva, que também é jogadora de Punhobol da seleção brasileira feminina. E também está se preparando para competir nos jogos dos EUA. 

O acadêmico do curso de Educação Física, do UniBrasil, deu início ao esporte quando era sócio do Clube Duque de Caxias. Por meio de um convite inesperado do treinador, Sergio Mueller e o irmão participaram de um campeonato. O que ele definia como “bizarro” se tornou parte da sua história profissional. 

Sergio Mueller se dedica ao esporte há 20 anos. Foto de arquivo pessoal.

Graduando do 7º período do curso de Educação Física, no UniBrasil, o atleta se diz contente e preparado para competir no campeonato’The Worl Games’. “É um sentimento realmente indescritível e muito especial, pois é a primeira vez que estarei jogando este campeonato e estou muito feliz e pronto para jogar”, comenta. 

Questionado sobre como o esporte vem impactando a vida pessoal e profissional, Sergio Mueller diz que enfrenta inúmeros desafios ao se dedicar a modalidade, pois precisa abrir mão de outros aspectos da própria vida. “É bem complicado ser atleta de alta performance, mesmo sendo de um esporte amador, pois temos que estar abdicando de muita coisa para alcançar nossos objetivos no esporte que tanto amamos. Família, amigos e trabalho/estudo sempre estão em xeque por conta do esporte, mas faz parte, porém sei que um dia acaba e que tenho que fazer valer a pena cada ano que estou me dedicando a este esporte”, enfatiza. 

O atleta se sente agradecido por toda trajetória que trilhou no UniBrasil.“Agradecer ao Unibrasil, por todos esses anos de compreensão por parte dos professores e da coordenação, que sempre me apoiaram quando eu precisei! Meu muito obrigado!”, finaliza Sergio Mueller. 

 

Prêmios conquistados: 

Títulos Nacionais:

4x  Campeão Brasileiro Adulto.

2x Campeão Brasileiro sub-16 e sub-18.

 

Títulos Internacionais (clube):

Campeão Sul-americano.

Campeão Pan-americano.

Vice campeão Mundial (2014).

Vice campeão Austríaco (2017).

3º lugar Suíço (2011).

 

Títulos Internacionais ( seleção):

2x Campeão Pan-americano.

4x Campeão Sul-americano.

3º lugar Mundial sub-18 (2009).

3º lugar Mundial Adulto (2019).

 

O que é Punhobol?
Esporte semelhante ao voleibol, o punhobol é mais conhecido na Alemanha. Segundo as regras do jogo, as jogadas são efetuadas com o punho fechado e as defesas são feitas com o antebraço. É jogado em um campo de grama que mede 50m x 20m, com cinco atletas em cada time. 

No Brasil, o esporte teve início em 1906 e foi introduzido pelo professor alemão Georg Black. O punhobol é referência nas regiões sul e sudeste, onde se concentrou a colonização alemã e, aos poucos, passou a se difundir pelo país.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Postado em BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA, COMUNIDADE, GRADUAÇÃO, LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA, NOTÍCIAS, NOTÍCIAS EM DESTAQUE, UniBrasil.

UniBrasil Centro Universitário

Ver post porUniBrasil Centro Universitário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *