Christian Dunker fala no UniBrasil sobre Lutos Finitos e Lutos Infinitos: o trabalho de dizer adeus

Foto: Divulgação

O UniBrasil Centro Universitário receberá, no próximo 15 de março às 19 horas, no Auditório Cordeiro Clève, um dos expoentes da Psicologia atual, Christian Ingo Lenz Dunker. Será um evento do Academia UniBrasil e contará com o apoio do Fórum Curitiba do Campo Lacaniano, instituição que trabalha desde 2012 com a transmissão da psicanálise nesta cidade, operando através de Diagonais Epistêmicas e outras atividades em contato com outros Fóruns nacionais e internacionais, com abertura para estudantes e interessados pela psicanálise. A Universidade Federal do Paraná também apoiará o evento, com presença de estudantes e professores.

Christian Dunker é psicanalista e professor titular do Instituto de Psicologia da USP.  Suas pesquisas sobre o estatuto psíquico e social do sofrimento tem gerado intervenções públicas e reformulações nas práticas clínicas.  Youtuber, articulista e animador cultural, tem se destacado como uma das vozes críticas do cenário brasileiro. Membro da Escola dos Fóruns do Campo Lacaniano com ativa participação na disseminação do pensamento de Jacques Lacan no Brasil, foi um dos fundadores do Laboratório de Teoria Social, Filosofia e Psicanálise da USP (Latesfip-USP).

Christian Dunker notabilizou-se pela renovação do pensamento de Jacques Lacan a partir das ideias da filosofia social crítica, da antropologia pós-estruturalista e das ciências da linguagem, é respeitado nos meios universitários pela qualificação acadêmica e profissional e, também, pela qualidade de suas publicações: tem dezenas de artigos científicos publicados no Brasil e no exterior. Em 2012, ganhou o Prêmio Jabuti com sua tese de livre-docência Estrutura e Constituição da Clínica Psicanalítica.

Trata temas técnicos e aparentemente ao alcance apenas de especialistas com absoluto rigor científico, mas com leveza e fluidez que tornam a leitura agradável também para leigos.

Dunker falará sobre Luto, um tema tão atual quanto importante, sua palestra tem o título “Lutos Finitos e Lutos Infinitos: o trabalho de dizer adeus”.

Pesquisando profundamente o tema, Dunker recomenda a todos a leitura de Freud, na obra “Luto e Melancolia”, assim como de vários outros autores, pois o tema é vasto e não se trata apenas de explicar o fenômeno do luto e o quadro clínico da melancolia e da depressão, mas de romper definitivamente com qualquer postulação empírica de que basta que um objeto desapareça para que dele nos separemos. É necessário um verdadeiro trabalho psíquico de perda, chamado por Freud “trabalho do luto” – tarefa lenta e dolorosa.

A tristeza ou a depressão não são, portanto, quadros distintos de uma pretensa “normalidade” que se deva buscar restituir a todo custo; podem ser sinal de que um importante trabalho subjetivo está em marcha, operando a perda do objeto e implicando uma remodelagem do eu, à maneira do trabalho de luto. Esta mensagem é particularmente importante na atualidade, trazendo modulações e nuances à crescente medicalização da tristeza, à medicalização do luto, de toda e qualquer perda, muito impulsionada pelo desenvolvimento dos antidepressivos, e o imenso interesse comercial dos laboratórios que os produzem.

Ouvir o professor Christian será de importância capital na formação dos novos psicólogos, e o UniBrasil orgulha-se de recebe-lo. Analisando com propriedade o momento atual, pesquisando, lecionando, compartilhando experiências com colegas, formando com qualidade novos profissionais, Christian representa o que de melhor a academia pode produzir. E nós, que acreditamos em educação, temos orgulho de tê-lo aqui.

Texto: Wanda Camargo

Postado em GRADUAÇÃO, NOTÍCIAS, NOTÍCIAS EM DESTAQUE, PSICOLOGIA e tagged , , , , .

UniBrasil Centro Universitário

Ver post porUniBrasil Centro Universitário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *