Descubra como atuar em Odontologia Clínica

Odontologia: uma área com infinitas possibilidades de atuação

Você sabia que o curso de Odontologia é um dos mais procurados na área da saúde? Além de ser uma profissão com grandes oportunidades no mercado de trabalho, existem inúmeras possibilidades de atuação e elas costumam ser bastante disputadas.

Mas afina, quem é o profissional de Odontologia? Ele é responsável pelo tratamento dos dentes, boca e ossos da face. Além disso, cuida da saúde e estética bucal, restaura, extrai e limpa os dentes, projeta, instala próteses, realiza cirurgias e trata doenças da gengiva, bochecha e língua.

Hoje, você vai descobrir um pouco mais sobre a profissão, como funciona o mercado de trabalho, remuneração salarial, atuações e quais critérios são necessários para se tornar um (a) dentista clínico.

 

Mercado de trabalho

De acordo com o Conselho Federal de Odontologia, existem 291 mil dentistas no país, o que dá uma média de um profissional para cada 710 habitantes. No entanto, os profissionais são mal distribuídos no território nacional, e apenas a Região Sudeste concentra 54% deles. Grande parte dos estudantes de Odontologia, sonham em abrir seu próprio consultório, mas neste segmento a concorrência é bem disputada, especialmente nas grandes e médias cidades.

Outra opção é o setor público, o maior empregador de cirurgiões dentistas do país. O profissional pode trabalhar como funcionário público nos programas Saúde da Família, que prevê a presença de dentista no atendimento à população, o que amplia o acesso ao tratamento odontológico em unidades básicas de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS).

Para o autônomo, as áreas mais aquecidas são a implantodontia, a dentística restauradora, a endodontia e a odontopediatria. Três novas especialidades, reconhecidas pelo Conselho Regional de Odontologia em 2015, ampliam a possibilidade de atuação do bacharel: a acupuntura, a homeopatia e a odontologia do esporte. Para quem gosta de empreender, a elaboração e a venda de softwares odontológicos voltados à gestão de consultórios e clínicas é outro ramo em ascensão.

 

Onde um dentista pode atuar?

  • Acupuntura Odontológica: aplicar agulhas para tratar dores faciais.
  • Clínica Geral: restaurar, extrair dentes e implantar próteses.
  • Dentística Restauradora: restabelecer a forma e a função dos dentes, clarear e corrigir sua estética.
  • Endodontia: tratar alterações na polpa e na raiz dos dentes.
  • Estomatologia: diagnosticar e tratar doenças raras da boca.
  • Homeopatia Odontológica: tratar pacientes com remédios homeopáticos que previnem hemorragias e atuam na cicatrização de tecidos bucais.
  • Implantodontia: realizar cirurgias e próteses.
  • Odontologia do esporte: tratar da saúde bucal de atletas a fim de promover uma melhora de seu rendimento físico.
  • Odontogeriatria: cuidar da saúde bucal do idoso.
  • Odontologia legal: fazer exame, perícia judicial e elaborar laudos técnicos. Identificar cadáveres pela arcada dentária.
  • Odontologia para Pacientes Especiais: atender pacientes com necessidades especiais (indivíduos em situação de risco ou que apresentam psicopatologias ou patologias físicas).
  • Odontologia em Saúde Coletiva: atuar em planos de saúde, em cooperativas e na elaboração de programas de assistência social.
  • Odontologia do Trabalho: atender pacientes cuja atividade profissional traz risco à saúde bucal.
  • Odontopediatria: tratar problemas bucais e dentes infantis.
  • Ortodontia: alterar a mordedura e a posição dos dentes com aparelhos.
  • Patologia Bucal: fazer exame laboratorial para identificar doenças.
  • Periodontia: cuidar das gengivas e dos ossos que dão sustentação aos dentes, fazendo cirurgias, raspagens e ouros procedimentos no entorno dos dentes.
  • Prótese Dentária: projetar e confeccionar próteses de dentes danificados ou substituir os destruídos, restabelecendo funções na mordedura e na mastigação.
  • Radiologia: diagnosticar problemas na boca, na face e nos maxilares por meio de imagens de raios X, tomografia, e prototipagem em 3D.
  • Traumatologia e Cirurgia Bucomaxilofacial: diagnosticar traumatismos, lesões e anomalias na boca, face e no sistema estomatognático (os órgãos que envolvem o sistema de mastigação, como maxilar, mandíbula e gengiva) e fazer cirurgias, implantes, transplantes e enxertos para recuperá-los.

 

O que faz um dentista clínico geral?

O dentista clínico geral é responsável pela prevenção, diagnóstico e tratamento de uma ampla variedade de condições, desordens e doenças dos dentes e gengivas. O dentista clínico geral presta serviços relacionados a manutenção da higiene oral e saúde bucal.

O profissional que atua como dentista clínico geral é a primeira linha de defesa contra os problemas da saúde bucal. Caso você necessite de procedimentos especiais, será encaminhado para o dentista especialista no caso.

Alguns procedimentos executados pelo dentista profissional:

  • Aplicação de flúor;
  • Limpeza dental (profilaxia);
  • Raspagem de tártaro;
  • Remoção de cáries;
  • Atendimentos de urgência;
  • Pequenas restaurações;
  • Ajustes e polimentos de restaurações;
  • Orientações de técnicas de higiene bucal;

 

As novas perspectivas do ensino odontológico

Uma das mudanças que vêm ocorrendo como resposta à situação encontrada dentro da Odontologia, consiste na mudança da abordagem do ensino. O objetivo maior dessas mudanças é promover uma Odontologia com alto rigor técnico, porém, humanizada, fato que poderia resgatar a valorização da profissão junto à sociedade. Além disso, considerando-se que é realidade do mercado de trabalho a inserção dos profissionais no sistema de saúde do país, torna-se cada vez mais necessário que esses profissionais sejam capacitados para atuarem no SUS e diminuírem os quadros de desigualdades no país.

Conciliar conhecimento técnico e de qualidade com aspectos relacionados a práticas mais humanizadas, valorizar o corporativismo e aceitar as novas práticas de mercado – desde que as mesmas não se tornem abusivas no ponto de vista ético e financeiro – podem constituir-se em medidas eficazes para o trabalho sustentável da Odontologia.

 

Quanto ganha um dentista?

Provavelmente essa é uma das maiores curiosidades de quem pretende atuar na área. Mas atenção, você deve estar ciente que a remuneração salarial pode variar dependendo de cada região.

De acordo com uma pesquisa do salario.com.br junto ao CAGED do MTE (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – Ministério do Trabalho), realizada no período de 02/2019 até 09/2019 com um total de 2.916 salários analisados, um dentista ganha em média R$ 4.214,47 no mercado de trabalho brasileiro para uma jornada de trabalho de 30 horas semanais.

A faixa salarial do dentista CBO 2232-08 fica entre R$ 2.909,52 (média do piso salarial 2019 de acordos, convenções e dissídios), R$ 3.592,00 (salário mediana da pesquisa) e o teto salarial de R$ 6.369,03, levando em conta profissionais com carteira assinada em regime CLT.

A cidade com mais ocorrências de contratações e, consequentemente, a com mais vagas de um emprego para dentista é São Paulo capital. Ainda de acordo com a pesquisa, com base em dados salariais de 225 profissionais, o salário inicial para um dentista recém-formado na faculdade é de R$ 3.976,70 mensais, considerando uma jornada de trabalho de 29h semanais em média.

 

Curiosidades históricas sobre a Odontologia

  • Os registros históricos demonstram que com o domínio do fogo e o fato do homem passar a cozinhar os alimentos, associado ao ingresso da dieta à base de amido, começaram as agressões aos dentes e suas consequências.
  • Por muitos séculos o ato de tratar os dentes era praticado pelos barbeiros e pessoas que tenham curiosidades. Foi somente no século XVIII, devido aos trabalhos do francês Pierre Fauchard que fundou a Odontologia moderna.
  • Em 25 de outubro de 1884, um decreto imperial criava as primeiras faculdades de Odontologia no Brasil.
  • O ensino superior de Odontologia no Brasil é muito semelhante ao ensino americano, ou seja, o profissional é preparado em média por 4 a 5 anos com estudos específicos na área, associados aos conhecimentos médicos gerais.

 

Oportunidades dentro da Odontologia

O principal local de trabalho do dentista é em consultórios, podendo trabalhar em clínicas que contratem dentistas, sendo autônomo (recebendo pelos pacientes que atende) ou sendo um funcionário (tendo um salário fixo).

No setor público existem as mais diversas oportunidades, principalmente na saúde pública e nas prefeituras municipais. Além disso, também tem a opção dos concursos das forças armadas.

Já a carreira de odontologia militar está crescendo cada vez mais, graças ao nível do trabalho, que é dedicado à pesquisas e cursos de capacitação, tornando os dentistas do exército, profissionais cada vez mais qualificados e referência em atendimento clínico.

E isso também acontece no Exército, Marinha, Aeronáutica, Polícia Militar e corpo de bombeiros, que atualmente têm um amplo quadro de dentistas, afirmando a valorização dessa área da saúde bucal para o regime militar.

Além disso, os profissionais de Odontologia também exercem um importante papel na área acadêmica. Essa área se dedica a pesquisas científicas com o intuito de obter mais informações sobre determinado assunto, contribuir para a melhoria de algo, e passar conhecimento. Para trabalhar em uma universidade pública é preciso passar por um concurso ou como temporário, já em faculdades particulares o currículo acadêmico e a bagagem de experiência são os fatores levados em consideração.

 

O que é Odontologia Hospitalar e quais cuidados são oferecidos?

A Odontologia hospitalar pode ser definida como uma prática que visa cuidados das alterações bucais que exigem procedimentos de equipes multidisciplinares nos atendimentos de alta complexidade. A inserção do cirurgião-dentista no atendimento ao paciente internado pode contribuir para:

  • Minimizar o risco de infecções.
  • Melhorar a qualidade de vida.
  • Reduzir o tempo de internação.
  • Diminuir o uso de medicamentos ou mesmo da nutrição parenteral.

 

Realizar os procedimentos odontológicos em pacientes com patologias sistêmicas graves no ambiente hospitalar tem algumas vantagens como propiciar o atendimento com maior segurança a pacientes com riscos cirúrgicos, facilidade na solicitação de exames específicos, oferecer um acompanhamento clínico e de tratamentos específicos diariamente.

 

Vale a pena consolidar uma carreira fora do país?

Depoimentos de profissionais brasileiros que consolidaram a carreira fora do país, dizem que a experiência vale a pena. Afinal, as condições de trabalho são melhores e ainda você terá mais chances de aumentar a lucratividade.

Mas é importante que o profissional avalie bem a situação de preferência, podendo conseguir uma boa colocação aqui mesmo no Brasil.

 

Curso de Odontologia no UniBrasil

O curso de Odontologia do UniBrasil Centro Universitário, nasceu com o objetivo de formar profissionais capacitados que atuem de acordo com os desafios inseridos no dia a dia, com o desenvolvimento pleno de suas atividades como profissionais da saúde.

Para isso, o UniBrasil disponibiliza diversas possibilidades, oferecendo ao estudante as práticas e teorias necessárias para um bom desempenho profissional. Além disso, o curso foi credenciado com avaliação máxima no Ministério da Educação (MEC – nota 5).

O resultado significa que a instituição atendeu com excelência a todos os critérios exigidos pelo órgão responsável, o qual levou em consideração toda a parte pedagógica do curso, corpo docente e infraestrutura.

Quer saber mais sobre a graduação e as formas de ingresso? Acesse o link.

Postado em BLOG, BLOG HOME DESTAQUE, BLOG PÁGINA DESTAQUE, ESCOLA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE, ODONTOLOGIA, UniBrasil e tagged , , , , , , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *