Escritora Glória Kirinus fala no UniBrasil

Na segunda, 03 de dezembro, as 17 horas na sala 34 – 3º andar do bloco 2, a escritora Glória Kirinus falará aos estudantes e professores interessados sobre seu novo livro, Synthomas de Poesia na Infância.

Doutora em Teoria Literária e Literatura Comparada, mestre em Literatura Brasileira, especialista em Literatura Brasileira, com graduação em Letras e em Turismo, Glória é autora de livros bilíngues de Literatura Infantil e Juvenil, além de livros teóricos como Criança e Poesia na Pedagogia Freinet.

Uma das mais renomadas autoras de literatura infantil no Brasil hoje, participa com ensaios científicos, orelhas e comentários críticos em outros livros, colaborou com páginas de poesia, crônicas e ensaios, no Caderno G da Gazeta do Povo, e, entre outras honrarias já recebeu o título “Mérito da Educação”. Glória é Integrante da Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil e do Centro de Letras do Paraná.

Quando perguntada se é peruana ou brasileira, responde: “Sou ambas as coisas, mas acima de tudo sou palavreira de nascimento. Fiz desta cisma de palavras o meu ofício itinerante. A minha linguagem, nos entretantos do tempo, permanece primordialmente analógica. Daí o meu fascínio pela linguagem infantil, pela linguagem popular, pela linguagem dos poetas. Quando menina, lá no Peru, ficava na ponta dos pés para espiar do outro lado das montanhas. Agora, morando deste lado da fronteira, tento espiar o que acontece nos países vizinhos. Para dar conta desse amor continental escrevo dobrado: de dia e de noite; em verso e em prosa; para adultos e para crianças; no quente e no frio… E claro, em português e também em espanhol”.

O livro sobre o qual discorrerá no UniBrasil, Synthomas de Poesia na Infância, é resultado de pesquisa e trabalho de muitos anos desta poetisa e especialista em literatura, que nela aborda questões sobre a criança que nasce com potencial criativo, intuitivo e intelectual e que, muitas vezes, é incompreendida por pais, educadores e profissionais da saúde que identificam nela sintomas de transtornos (Déficit de Atenção – DDA ou Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade – TDAH).

Através de depoimentos, relatos, entrevistas e experiências, a autora, sem duvidar dos estudos médicos sobre tais transtornos, argumenta que nem toda criança que foge do padrão normal de comportamento deve ser tratada como caso clínico. “Mas as crianças não aprendem”, ou, “Mas as crianças ficam distraídas”, são preocupações válidas, mas não podem ser confundidas com a alegria entusiasmada e eufórica da infância livre e sem preocupações.

Muitos analistas e docentes já realizaram análise desta obra, e dizem:

 

“Escrito a partir das próprias entranhas do conflito – família e escola –, o livro Synthomas de Poesia na Infância levanta questões significantes e relações precisas entre infância e Poesia”.

Roselete Aviz de Sousa
Dra. em Educação/UFSC

 

“Esta leitura não tem contraindicações. De modo genérico, o efeito esperado é o de uma ampliação de visão a respeito das crianças com quem convivemos, resultando num entendimento e aceitação significativamente melhor de seus olhares, suas perguntas e seus estranhamentos”.

Joanita Ramos
Jornalista e mestre em Educação

 

“Este livro de Gloria Kirinus nos traz reflexões sobre os synthomas originais da infância. E nos mostra que, para compreender o universo infantil, basta deixar a criança voltar a ser criança, com seus surtos poéticos, seus delírios e sua vocação para a alegria”.

Thelma B. Oliveira
Pediatra e escritora.

 

Texto: Wanda Camargo

Postado em NOTÍCIAS e tagged , , , , .

UniBrasil Centro Universitário

Ver post porUniBrasil Centro Universitário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *