Mulheres Paranaenses 2020 – Mulheres e o cuidado com a infância

O que define uma instituição é o seu comprometimento. O UniBrasil Centro Universitário tem vários compromissos firmes: com a qualidade de ensino, com a ética acadêmica e profissional, com a liberdade de pensamento e de expressão; e um desses compromissos manifesta-se de modo mais incisivo durante todos os meses de março, o respeito às questões de gênero e à igualdade de oportunidades para todas as pessoas.

É em março, o Mês da Mulher, que o UniBrasil salienta seu reconhecimento às mulheres que, com trabalho, talento, competência, dedicação, têm papel relevante e indispensável no estado do Paraná, em seus melhores valores e aspirações.

O Projeto Mulheres Paranaenses já é tradição, realiza-se há oito anos, sempre nesse sentido de homenagem e reconhecimento; em 2020 será no dia 12 de março, às 19 horas no Auditório Cordeiro Clève.

O tema do evento é “Mulheres e Cuidados com a Infância”, pertinente para os tempos atuais que têm sido marcados pelas mudanças das concepções acerca da família, da infância e dos cuidados necessários às crianças mais novas, em que novas políticas e programas são adotados, deslocando a mera função socializadora do ambiente doméstico para uma esfera social mais abrangente, e os serviços destinados à infância partem do pressuposto de que as crianças sejam reconhecidas como atores sociais de pleno direito, ainda que dependentes.

Além do direito de proteção (nome, identidade, pertencimento a uma nacionalidade), de provisão (cuidados e educação, assistência de saúde), e de participação nas decisões relativas à sua vida, o reconhecimento deste direito, que inclui o da felicidade, não exclui a percepção da imaturidade e a correspondente obrigação de dar resposta às suas necessidades de dependência. No caso da educação infantil, a noção da criança como um ser competente, implica pretender não apenas que ela seja feliz e cuidada, mas que se possa fazer justiça ao seu potencial de desenvolvimento durante esses anos da sua vida que são cruciais.

Assim, na compreensão da infância, e dos projetos sociais de atendimento e educação, o trabalho voluntário tem sido fundamental para a melhoria das condições de vida de uma vasta parcela populacional sem acesso adequado aos bens públicos e ao direito social, condições essenciais para a construção da cidadania e democratização da sociedade. O voluntário preenche um vazio do Estado, e faz prevalecer o bem comum sobre as conveniências individuais.

No mês da mulher, é importante reconhecer a dedicação e efetividade daquelas que doam seu tempo para a melhoria das condições infantis.

Hoje a condição feminina melhorou um pouco: mulheres votam e são votadas, são praticamente maioria em muitos cursos universitários, são empresárias, professoras, magistradas, intelectuais, artistas; embora ainda tenham na média salários inferiores ao de homens na mesma função profissional.

Mulheres são maioria no voluntariado, e nos cuidados com a infância, homenageá-las é um pequeno reconhecimento desta importante atividade para o desenvolvimento humano.

Na mesma ocasião serão entregues os prêmios e certificados do Concurso de Contos Dirce Doroti Merlin Clève, destinado a revelar novos valores, de jovens mulheres entre 18 e 35 anos.

 

Serviço:

_Projeto Mulheres Paranaenses;

_Data: 12 de março de 2020;

_Horário: 19 horas;

_Local: Auditório Cordeiro Clève – UniBrasil Centro Universitário.

Texto: Wanda Camargo

 

Postado em NOTÍCIAS, NOTÍCIAS EM DESTAQUE, Sem categoria, UniBrasil e tagged , , , , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *