Mulheres Paranaenses 2020 – Palestrante Rosa Maria Marini Mariotto

O UniBrasil Centro Universitário tem vários compromissos firmes: com a qualidade de ensino, com a ética acadêmica e profissional, com a liberdade de pensamento e de expressão; e um desses compromissos manifesta-se de modo mais incisivo durante todos os meses de março, o respeito às questões de gênero e à igualdade de oportunidades para todas as pessoas.

É em março, o Mês da Mulher, que o UniBrasil salienta seu reconhecimento às mulheres que, com trabalho, talento, competência, dedicação, têm papel relevante e indispensável no estado do Paraná, em seus melhores valores e aspirações.

O Projeto Mulheres Paranaenses já é tradição, realiza-se há dez anos, sempre nesse sentido de homenagem e reconhecimento; em 2020 será no dia 12 de março, às 19 horas no Auditório Cordeiro Clève.

O tema do evento deste ano é “Mulheres e Cuidados com a Infância”, pertinente para os tempos atuais que têm sido marcados pelas mudanças das concepções acerca da família, da infância e dos cuidados necessários às crianças mais novas, em que novas políticas e programas são adotados, deslocando a mera função socializadora do ambiente doméstico para uma esfera social mais abrangente, e os serviços destinados à infância partem do pressuposto de que as crianças sejam reconhecidas como atores sociais de pleno direito, ainda que dependentes.

Hoje a condição feminina melhorou um pouco: mulheres votam e são votadas, são praticamente maioria em muitos cursos universitários, são empresárias, professoras, magistradas, intelectuais, artistas; embora ainda tenham na média salários inferiores ao de homens na mesma função profissional.

Mulheres são maioria no voluntariado, e nos cuidados com a infância, homenageá-las é um pequeno reconhecimento desta importante atividade para o desenvolvimento humano.

A cerimônia será aberta com uma palestra proferida por uma das intelectuais e professoras mais respeitadas nesta área: Rosa Maria Marini Mariotto, ela é Psicóloga, Psicanalista, Doutora em Psicologia Escolar e do desenvolvimento pela Universidade de São Paulo – USP, pesquisadora da FAPESP – Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, Professora aposentada da Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR. É autora consagrada: “Cuidar educar e prevenir: as funções da creche na subjetivação de bebês”, “Como a gente vira gente”. E coautora dos livros: “Por uma nova psicopatologia a infância e adolescência”, “Gênero e sexualidade na infância e adolescência”, “Psicanálise e ações de prevenção na primeira infância” e “De bebê a sujeito: a metodologia IRDI nas creches”.

O tema de sua palestra durante o evento Mulheres Paranaenses será: “As crianças entre a mulher e a mãe”; e ela publica com bastante frequência artigos pertinentes à área para a qual dedica grande parte da sua atividade profissional, a articulação da psicanálise com a saúde pública. Neles ressalta a importância dos Indicadores de Risco para Desenvolvimento Infantil – IRDI; “instrumento construído e validade por meio de uma pesquisa multicêntrica, a partir de uma demanda do Ministério da Saúde, com o propósito de que os pediatras incluíssem em suas consultas de rotina o acompanhamento do desenvolvimento psíquico em bebês de até 18 meses e, ainda, pudessem localizar, por meio dos indicadores, problemas nesse desenvolvimento”. A professora Rosa é também referência nacional em temas de educação inclusiva em projetos cujo objetivo é a escolarização de alunos com necessidades educacionais especiais nas escolas e classes comuns da rede regular de ensino.

Texto – Wanda Camargo

 

Postado em NOTÍCIAS, NOTÍCIAS EM DESTAQUE, UniBrasil e tagged , , , , , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *