“Palavra de Mulher” é lançado em concorrida cerimônia

Na noite da quinta-feira 25 de outubro foi feito o lançamento do livro de contos “Palavra de Mulher”, obra que tem como finalidade valorizar o sexo feminino no âmbito da literatura, e contém textos literários escritos por mulheres de várias idades e experiências profissionais.

É uma publicação da editora curitibana Instituto Memória, e presta homenagem à professora Dirce Merlin Clève, intelectual, escritora, pesquisadora, integrante da Academia Feminina de Letras do Paraná e engajada nas causas de qualidade de vida e bem-estar das mulheres.

A apresentação é das professoras da Universidade Estadual do Paraná, Ivone Ceccato e Jordana Xavier; que discorrem sobre a importância de publicar obras de mulheres num ambiente em que isso ocorre bem menos do que seria desejável.

Os temas tratados pelas autoras refletem, de forma irônica, séria, amorosa, inconformada ou profunda as preocupações femininas no mundo atual, inclusive em assuntos como saúde, direitos, amores, costumes. Participaram: Adriana Tozzi, Amanda Almeida, Andréa Lobo, Camila Lisboa, Graciela Faria, Joyce Pires, Karen Alvares, Lígia Megale, Marilena do Nascimento e Sara Simão; algumas delas ligadas ao UniBrasil Centro Universitário.

O evento de lançamento ocorreu na sede do Círculo de Estudos Bandeirantes, no centro de Curitiba, contando com a presença de muitas das autoras, com a professora Dirce Clève, familiares e amigos, diversas soroptimistas que foram prestigiar sua confreira, representantes da editora e do UniBrasil, além de autores de outras obras que também estavam sendo lançadas.

A ideia inicial do livro partiu da realização do Concurso de Contos Dirce Doroti Merlin Clève, que o UniBrasil promove há vários anos, nas comemorações do mês da mulher – março – com o propósito de publicar novas autoras, a partir da constatação de que mulheres sempre escreveram tanto e tão bem quanto homens, porém nem sempre publicaram suas obras ou tiveram a divulgação merecida e necessária, o que torna justa uma eventual compensação.

No próximo 2019, também ocorrerá o Concurso, limitado a autoras de até 35 anos de idade, com inscrições iniciando em 9 de janeiro.

 

No evento, Ronald Silka Almeida, ex-aluno do curso de Mestrado do UniBrasil lançou seu livro Estado Constitucional e a Efetivação do Desenvolvimento Sustentável como Direito Fundamental, que trata de tema presente do debate atual dos rumos da sociedade brasileira e mundial: a compatibilização do desenvolvimento econômico e sustentável com a soberania estatal, em um mundo com intensa globalização e renovação de paradigmas, a eterna dicotomia entre a figura soberana do Estado-Nação, construído sob os valores históricos da Paz de Westfália, e suas intercorrências.

Segundo o autor, ”é resultado da pesquisa desenvolvida no Mestrado, realizado no UniBrasil sob a orientação do professor Eduardo Gomes, e tem como escopo o estudo e a análise os desafios para a efetivação dos direitos fundamentais no ordenamento brasileiro em face do desenvolvimento sustentável, frente à ordem global, as tensões e crises que levam a um déficit de soberania dos Estados, mormente o brasileiro”.

O autor é Mestre em Direito pelo UniBrasil desde 2013. É ex-Diretor da Associação dos Advogados Trabalhistas do Paraná e membro do Instituto dos Advogados do Paraná -IAP.

Texto: Wanda Camargo.

Postado em NOTÍCIAS, NOTÍCIAS EM DESTAQUE e tagged , , , , .

UniBrasil Centro Universitário

Ver post porUniBrasil Centro Universitário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *