Pós-Graduação em Psicologia Jurídica

Três fatores estão alinhados com a proposta do Centro Universitário Autônomo do Brasil – UNIBRASIL para a especialização em Psicologia Jurídica: o estudo do comportamento humano e as relações interpessoais, especialmente em situações de conflitos (cíveis ou criminais), a escassa oferta para cursos na área, no formato de especialização latu sensu, em Curitiba e região metropolitana, e a tendência de consolidação da instituição como referência para as áreas do Direito e da Psicologia, prestigiando a interdisciplinaridade.

Pós-graduação em Psicologia Jurídica objetiva o estudo do comportamento humano, que faz a interface com o Direito, capacitando os profissionais que atuam ou que desejam atuar no Sistema de Garantia de Direitos, a compreenderem os fenômenos psicológicos no contexto forense.

O curso é presencial e possuí 360 horas-aula, com dois encontros semanais. Poderão ocorrer recessos entre as disciplinas e nos feriados prolongados, além dos períodos de férias acadêmicas, sem prejuízo da carga-horária total.

Eventualmente poderá ocorrer a substituição de professores ou ajustes no cronograma de aulas, mantendo-se o conteúdo e a carga horária prevista para as disciplinas.

Em entrevista ao UniBrasil, a coordenadora do curso, professora Mayta Lobo dos Santos, mestre em Psicologia Forense, nos contou um pouco mais sobre a especialização.

UniBrasil: Quem pode fazer o curso? 

Profª. Mayta Lobo dos Santos: De um modo geral todo graduado em um curso superior pode se matricular na Pós-Graduação em Psicologia Jurídica. Mas o curso é focado especialmente para Psicólogos, profissionais do Direito, outros Profissionais da Saúde, Ciências Jurídicas e Sociais, Serviço Social, Antropologia, Filosofia, Psiquiatria, Pedagogia, Educação e áreas afins, além de demais profissionais que atuam ou pretendam atuar no âmbito do Sistema de Justiça.

UniBrasil: Onde as aulas serão realizadas? Como fazer a inscrição?

Profª. Mayta Lobo dos Santos: As aulas serão realizadas nas dependências do UniBrasil Centro Universitário, que possui uma excelente infraestrutura, contando, inclusive, com estacionamento gratuito. Destaco também o vasto acervo da nossa biblioteca. As inscrições já estão abertas e podem ser realizadas pelo site pos.unibrasil.com.br .

 UniBrasil: Qual é o diferencial do curso?

Profª. Mayta Lobo dos Santos: Intervenções especializadas em Psicologia Jurídica, aplicação de princípios psicológicos, métodos periciais na investigação de depoimentos, estudo de perfis e processos psicológicos são alguns dos pontos que se destacam no curso. Propõe-se, assim, a capacitação de profissionais em Psicologia Jurídica, visando à sistematização de conhecimentos e reflexões, em uma perspectiva interdisciplinar e sistêmica, sobre a prática profissional nos diversos contextos do Sistema de Justiça.

 UniBrasil: Que tipo de conteúdo será estudado ao longo da especialização?

Profª. Mayta Lobo dos Santos: Serão trabalhados conteúdos teórico-práticos que permitam aos profissionais desenvolverem competências para atuação nas seguintes áreas da Psicologia Jurídica

  • Família: intervenção em situações de separação e divórcio, disputa de guarda e regulamentação de visitas, além de intervenção nos casos de alienação parental. Nesse campo, o profissional poderá se colocar como mediador e; no caso do psicólogo, existem também demandas de avaliação psicológica;
  • Infância e Juventude: atuação junto a processos de adoção, destituição do poder familiar, desenvolvimento e aplicação de medidas socioeducativas a adolescentes que cometeram ato infracional;
  • Área Cível: atuam em processos nos quais são pedidas indenizações em decorrência de danos psíquicos e nos casos de interdição judicial;
  • Área Criminal: intervenção do profissional no sistema penitenciário, policial, judicial e/ou instituto psiquiátrico forense. O profissional da Psicologia pode atuar como perito ou assistente técnico na verificação de periculosidade ou sanidade mental;
  • Conflitos e Violência: nos âmbitos familiares / domésticos, sociais, institucionais, escolares. O profissional poderá intervir como facilitador de diálogo, na função de mediador, por exemplo; no papel de perito ou assistente técnico; na advocacia, com saber específico para interpretação de laudos, pareceres e estudos.

UniBrasil: De que forma a Pós-graduação em Psicologia Jurídica irá somar na carreira do profissional?

Profª. Mayta Lobo dos Santos: O Centro Universitário Autônomo do Brasil – UniBrasil – vem apresentando, ao longo dos anos de sua existência, aquisição de recursos tecnológicos em que se incluem laboratórios nas áreas de Psicologia, Direito, Comunicação Social, Saúde e Sistemas de Informação. Recursos como meios audiovisuais, biblioteca, acesso à internet e salas de computadores entre outros, possibilitam apoio tanto à graduação como à pós-graduação.

Já o corpo docente é formado exclusivamente por mestres e doutores, profissionais dotados do mais alto grau de conhecimento científico e da mais ampla experiência prática, capaz de proporcionar um ensino de excelência.

Destaca-se que raramente nos cursos de graduação em Psicologia ou Direito são oferecidas disciplinas específicas ou mesmo estágios na área de Psicologia Jurídica. Tal ausência contribui para a existência de uma lacuna entre a formação requerida para uma efetiva atuação em instituições do judiciário, no sentido de atender as demandas emergentes, e as reais competências apresentadas pelos profissionais graduados disponíveis no mercado de trabalho. Isso reforça a relevância da oferta desta pós-graduação em Psicologia Jurídica.

 Ficou interessado? Acesse o site de Pós-Graduação UniBrasil e matricule-se.

Postado em BLOG, BLOG HOME DESTAQUE, BLOG PÁGINA DESTAQUE, PÓS GRADUAÇÃO e tagged , , , , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *