Saiba quais são as etapas para se tornar um pesquisador

Foi durante a faculdade que Jaqueline Goes de Jesus viu a possibilidade de se tornar pesquisadora. O nome dela foi muito falado recentemente porque ela foi uma das coordenadoras da equipe de pesquisadores que realizou o primeiro sequenciamento do genoma do coronavírus. E isso apenas 48 horas depois da confirmação do primeiro caso de Covid-19 no Brasil.

Doutora formada pela Universidade Federal da Bahia, pelo Programa de Patologia Humana e Experimental, parceria entre a UFBA e a Fundação Oswaldo Cruz, a inclinação de Jaqueline para a pesquisa se deu porque grande parte dos professores do curso de Biomedicina que ela frequentou eram pesquisadores da Fiocruz-BA.

Esta situação prova a influência da faculdade na carreira de um pesquisador. Pois é já na graduação que os primeiros passos podem ser trilhados. E o primeiro deles depende muito da pessoa ― ser curioso. O pesquisador quer saber a resposta de uma pergunta. Sendo assim, faz uma pesquisa e elabora uma resposta. O autor Pedro Demo afirma que a “pesquisa é a atitude do aprender a aprender”.

De acordo com os autores Jill Collis e Roger Hussey, as principais qualidades de um pesquisador seriam: capacidade intelectual, capacidade de comunicação, habilidades organizacionais, habilidades relativas à tecnologia da informação, independência, motivação e perseverança.

Todas as áreas 

UniBrasil explica quais são os passos para se tornar um pesquisador

E engana-se quem acredita que um pesquisador pode atuar apenas na área de saúde. Um exemplo de pesquisa é o projeto e construção de um capacete de ventilação para pacientes com Covid-19, do engenheiro mecânico, pesquisador e desenvolvedor de produtos no IBEG/PR, Eduardo Carraro, que tem a participação do UniBrasil.

Outro exemplo foi a tese de Doutorado apresentada pelo professor Rômulo Luis de Paiva, da Escola Politécnica do UniBrasil. O tema foi a “Análise experimental e numérica da evolução dos parâmetros do escoamento bifásico gás-líquido em golfadas em uma tubulação horizontal”, tese relacionada à área de Petróleo e Gás.

Como fazer?

Mas como se tornar um pesquisador? Depois da curiosidade inata, investir  na carreira acadêmica é ideal. É através dela que será possível atuar no campo da pesquisa. Participar de eventos e congressos acadêmicos é importante para se aproximar mais da área de interesse.

Também é interessante investir em monitoria, atividades curriculares ou projetos de extensão para aprimorar os estudos e construir um networking no ambiente acadêmico.A atividade de monitoria tem como objetivo despertar o interesse pela carreira de magistério, além de colaborar para a integração entre professores e alunos.

Aproxime-se de professores que tenham projetos de pesquisa e se disponha a auxiliar ou acompanhar o trabalho de um pós-graduando.

Depois, fazer uma pós-graduação é essencial. A pós-graduação Stricto Sensu é o melhor caminho pois aprofunda o estudo de forma mais ampla. É necessário ter dedicação exclusiva para estudar e pesquisar e ao final é preciso elaborar uma dissertação, que será avaliada por uma banca examinadora.

O próximo passo é o Doutorado, com um nível de aprofundamento ainda maior. Neste passo é preciso elaborar uma tese, para colocar em prática a pesquisa feita. O doutorado se divide em duas partes: qualificação e defesa — ambas aprovadas por uma banca examinadora. Após a aprovação da defesa, é conquistado o título de doutor.

A seguir é necessário ficar de olho nos concursos para conquistar a vaga de pesquisador-docente. Ainda existe a possibilidade de um pós-doutorado. Outra alternativa é ministrar aulas nas universidades particulares.  

O UniBrasil tem experiência de mais de 20 anos dedicados à educação. Oferece cursos de graduação, especialização e pós-graduação Stricto Sensu e Lacto Sensu.

As inscrições para o Programa de Pós-Graduação em Direito (PPGD) já estão abertas. Ao todo estão sendo ofertadas 30 vagas para o Mestrado e 10 para o Doutorado na área de concentração: Direitos Fundamentais e Democracia. Podem participar do processo seletivo do Mestrado os bacharéis ou graduandos em Direito ou áreas afins ― graduandos que concluirão o curso em 2020. Para o Doutorado, os mestres em Direito ou áreas afins. Mais informações podem ser obtidas aqui https://www.unibrasil.com.br/cursos/mestrado-e-doutorado/

Postado em BLOG, BLOG HOME DESTAQUE, BLOG PÁGINA DESTAQUE, UniBrasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *