Egressa do UniBrasil defende doutorado na USP

Egressa da primeira turma do curso de Biomedicina, que finalizou em 2010, e já Mestre em Microbiologia pela Universidade Federal do Paraná, Lisienny Campoli Tono Rempel defendeu ontem, 27 de setembro, seu doutorado na Faculdade de Medicina, da Universidade de São Paulo (USP).

Lisienny declara que escolheu cursar Biomedicina pois sempre teve interesse pela pesquisa cientifica em Saúde, uma das áreas de atuação dos Biomédicos.

Nas suas palavras: “Durante a Graduação, admirava a trajetória profissional de alguns professores que, apesar de novos, já eram Doutores. A partir dali alimentei o sonho de me tornar Doutora antes dos 30 anos de idade. Ainda antes de minha colação de grau, já estava aprovada no Mestrado na UFPR, que durou quase 3 anos. Assim que terminei o Mestrado, fui aprovada no Doutorado na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Ali permaneci por 5 anos até conquistar, recentemente, o título de Doutora. Contando desde a Graduação, meu objetivo demorou 12 anos para ser alcançado. Foram anos de muito estudo, foco, determinação e sacrifícios. Hoje, estou a pouco menos de 3 meses de completar meus 30 anos de idade, por isso comemoro com muita alegria a conquista desse grande sonho e realização”.

Dedicada, determinada, Lisienny nunca se desligou totalmente do UniBrasil, e declara que “a formação que recebi no UniBrasil certamente atendeu minhas expectativas, e eu diria que até superou. Se não fosse dessa maneira, certamente eu não teria chegado em um lugar tão renomado como a Faculdade de Medicina da USP. Lembro com muito carinho os anos que estive no UniBrasil. Foi um tempo de despertamento para tudo que eu poderia ser profissionalmente e também como pessoa. Comecei a faculdade muito nova, então os professores tiveram grande participação na minha descoberta como profissional Biomédica. Guardo no coração pessoas como a Profª Lilian Ferrari, Profª Jannaina Vasco, Profª Maria Regina Tizzot, Profª Camila Marques, Profª Jeanine Nardin e Profª Karita Lidani. São pessoas que me inspiram profundamente até hoje”.

Quando perguntada sobre o que aconselharia aos jovens que procuram a mesma área hoje, a jovem doutora afirma: “Quem quer seguir a carreira da pesquisa precisa estar ciente de que falar inglês é pré-requisito, pois toda literatura utilizada é nesse idioma. A maioria dos programas de pós-graduação em Saúde, inclusive, aplica uma prova de proficiência em inglês em seu processo seletivo. Os anos de Mestrado e Doutorado são muito intensos e irão requerer grande parte de seu tempo e dedicação. Inevitavelmente, eles serão prioridade no seu dia a dia. Mas se for possível, mantenha-se inserido no mercado de trabalho para também ganhar experiência em sua área de atuação”.

O UniBrasil Centro Universitário a parabeniza e sente orgulho da participação em seu processo de formação.

Texto: Wanda Camargo

Postado em BIOMEDICINA, NOTÍCIAS, NOTÍCIAS EM DESTAQUE e tagged , .

UniBrasil Centro Universitário

Ver post porUniBrasil Centro Universitário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *